Blog Siegel Press

Como a assessoria de comunicação pode impulsionar o seu negócio?

Muito tem se falado sobre Assessoria de Comunicação ou RP, mas pouco se sabe sobre a estratégia por trás da atividade e, principalmente, como ela pode otimizar o investimento global em comunicação, impulsionar seus negócios e ainda divulgar sua marca para o mercado.

Para começar, tudo parte da visão sistêmica do profissional, começando por uma estratégia muito apurada. Aliada às ações de Marketing de Conteúdo e Inbound Marketing, por exemplo, as atividades da assessoria de comunicação trazem resultados bastante relevantes. Aliar a experiência do profissional de RP ao direcionamento estratégico da empresa resulta em colocar sua marca em evidência, com um espaço qualificado na imprensa, com temas relevantes, desdobramentos que fomentem seus negócios e que abram novos mercados e perspectivas.

Não se trata de escrever um bom release (embora isso seja de extrema importância), mas de entender, avaliar, alinhar e traçar uma boa estratégia, de fato! O que a empresa quer divulgar é ‘notícia’, já que a imprensa vive disso, ou é apenas uma ação ‘comercial’ disfarçada?

Só para esclarecer, o release é apenas uma das ferramentas do assessor, da mesma forma que a publicação em um veículo ou em 100 depende da estratégia que se quer atingir. Tudo é válido, principalmente no estágio no qual a empresa está ou os objetivos que ela pretende alcançar, mas tem que estar alinhada a alguma estratégia, vinculada a tantas outras.

Tudo é estratégia. Estratégia é tudo.

Geralmente, para as empresas, os objetivos são sempre os mesmos: vender mais, ter o reconhecimento da marca para o seu público de interesse, ser mais relevante nos mecanismos de busca etc. E para cada ação existe sempre uma estratégia diferente. Nunca a mesma para atingir objetivos tão diferentes. É aí que a assessoria de comunicação pode ser muito útil e, até mesmo, auxiliar a alavancar outros negócios.

Para que o trabalho da assessoria de comunicação tenha êxito é preciso que ela mantenha um excelente (bom, no mínimo) relacionamento com os jornalistas e veículos de comunicação, além, é claro, de oferecer histórias interessantes: a notícia. A única coisa que mudou é a forma como os dois lados se relacionam.

Com o surgimento dos influenciadores, considerados os novos protagonistas das redes sociais e que atuam nos canais digitais, a proximidade, estágio anterior ao do relacionamento e do diálogo, é muito maior. Agora todos têm acesso à informação, podem acompanhar notícias, blogs e grupos de discussão. E todos podem, também, acompanhar quase tudo que é produzido pelos formadores de opinião, conhecer seus interesses, assistir seus tutoriais e saber onde estiveram. Com essa aproximação,  podem gerar conversas e criar relacionamentos. Tudo parece fácil, mas é preciso estabelecer algumas rotinas diárias e segui-las à risca, com seriedade e sabedoria. Novamente, com estratégia.

Os jornalistas utilizam a web para encontrar histórias interessantes, pessoas e empresas que possam se transformar em fontes para matérias e pautas diversas. Isso não acontece de forma aleatória, mas bastante sistemática. Continua valendo o que é interessante, importante e relevante, através dos filtros da imprensa.

Resta saber se você ou sua empresa faz parte desta seleção ou se consegue se beneficiar as estratégias implantadas por uma assessoria ou agência de comunicação.